sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Chuvas e drenagem

Rios, arroios e lagos são redes naturais de drenagem, o escoamento das águas, que, com as chuvas, em seu excesso, dão suporte à área e terrenos que possuem características necessárias para que a bacia hidrográfica exerça sua função.
Um exemplo são as curvas dos mananciais, denominados de meandros, criados pelo fluxo e força das águas. A bacia determina, conforme este fluxo, a largura necessária na área para o escoamento do volume possível de água a ser atingido. Também os meandros ajudam a amenizar a velocidade das águas nos períodos de grande carga de chuva. 


Podemos observar no mapa de 1900 que, originalmente, na avenida Inconfidência, o arroio Araçá era sinuoso dentro da largura necessária em sua bacia hidrográfica.

*clic na imagem para melhor visualização*

Assim, não é de estranhar, que com a urbanização da cidade, crescimento, alterações e impermeabilização, além da problemática dos resíduos, a drenagem local não esteja dando conta.



Tais imagens sobre a situação na Avenida Inconfidência (sob o arroio Araçá) na última chuva em  04/01/17 foram retiradas do Facebook.

No dia seguinte pode-se observar em sua parte natural na Avenida, esquina com a rua Farroupilha, que a grande vazão de água amenizou, porém trouxe resíduos diversos que ficaram reclusos no início da canalização. Se der outra chuva forte sem dar tempo para a limpeza o problema se intensifica.


video




Contribuição com vídeo e imagens - Bióloga Jaqueline Pillar

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Logo nasceu...


Cuidando da água que brota,
em uma nascente, o rio bebê;
Cuidando do fio de água 
que inicia num lindo caminho,
de um córrego, um arroio,
o rio guri;
Cuidando da água que avança,
que dança pela cidade,
recebendo demais águas correntes, 
crescendo,
 até virar um belo rio;
Cuidando do velho rio que reúne tantas águas
até se lançar no mar.

Por sua vez, o mar, em parceria com o astro rei,
nos devolve em chuva
 toda esta água 
a se derramar, 
e a se embrenhar na cheirosa terra,
de onde, novamente, para nós,
 o rio bebê
volta a brotar.

Maria Inês Pacheco




Uma saudade...

2016 foi um ano de muitas conquistas, reencontro com velhos cuidadores, projetos com novos amigos, estudos e descobertas...
Mas aqui fica registrado a grande perda do Profeta da Ecologia Irmão Antonio Cechin. que faleceu em 16/11/16. Criador do Movimento Romaria das Águas, entre outros, foi um grande incentivador do Projeto Rio Guri.
Este momento, registrado na Fonte Dona Josefina em uma das Romarias, é o registro de como sua imagem vai ficar guardada em nossos corações. De ensinamento, escuta, denúncia e anúncios.
Que Nossa Senhora das Águas esteja lhe cobrindo com o manto de amor e luz. Respinga em nós sua garra e iluminação.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Voluntários amigos

Na quinta-feira 24/11/16, Dia de Ação de Graças - a Parceiros Voluntários Canoas agraciou as ações cujos voluntários aceitaram o Desafio, em agosto passado, de apoiar nas áreas educativas, sociais e ambientais da região.

O Projeto do Rio Guri foi contemplado com mutirão de limpeza na nascente Fonte Dona Josefina organizado pelos professores
 Daniel SantosMaria Inês Pacheco e Jaqueline Araujo Pilar.

Parabéns Parceiros Voluntários pelos belos eventos. 
Parabéns e obrigado a todos os amigos que aceitaram e participaram deste desafio.




Para saber mais acesse aqui:




quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Memórias

ALGUNS MOMENTOS DA PRIMEIRA DÉCADA DO PROJETO - 2005/2015
Clique na imagem para ampliar.



























terça-feira, 1 de novembro de 2016

Na Trilha da Cidadania

Comunidade do Bairro Olaria, Escolas e apoiadores se unem para cuidar da nascente do Arroio Araçá.



Sábado - 05 de Novembro
Linda Ação na nascente da Morada das Corujas/Bairro Olaria, articulada com a comunidade pelas Tribos nas Trilhas da Cidadania da Parceiros Voluntários reuniu escolas, universidades e projetos: Planalto Canoense, Wallter Perachi, Nancy Pansera com apresentações de capoeira e dança, Arroio Araça Nosso Rio Guri, BiodiverCidade, Voluntários Ambientais, ULBRA (Gestão Ambiental e Pedagogia), UNOPAR (Gestão Ambiental, Pedagogia, Recursos Humanos e Serviço Social) e SMMA.

Cedo da manhã Tribo da Escola Walter Perachi organiza o local com a comunidade.

Enquanto isso da Escola Planalto Canoense a Tribo conduz a caminhada/bicicletada.

Organizadoras e apoiadores se encontram com a comunidade para a ação.

Integrantes da associação de moradores mostram problemas que enfrentam e agradecem a parceria.

A ação tem informação;

Mutirão de limpeza;

Poesia de Mario Quintana;

Orientação;

Sorteio de brindes pela inscrição 
e doação de alimentos;

Apresentação cultural;

E encerra com um abraço simbólico 
no lago da nascente.

Encerrando este encontro especial na linda manhã.

É a comunidade exercendo a cidadania e cuidando das suas belezas.