Nosso Rio Guri

Nosso Rio Guri

sábado, 10 de junho de 2017

A Cidade e o Cuidado de TODOS

Plenária na Câmara de Vereadores na Semana do Meio Ambiente. Importante abordagem da limpeza das valas e arroios, que, não sendo a mesma coisa, contribuem com a drenagem das águas da chuva, pois escoam de forma natural (arroios) ou de forma artificial (vala construída) seu fluxo.


Arroios, nascentes, lagos são áreas de preservação permanente defendidas pela legislação, nacional e local. 
Com a urbanização e crescimento rápido das cidades há grande impacto ambiental pela transformação da geografia, afetando o ciclo das águas e causando diversas consequências ao relevo,  à flora, à fauna, ao clima...
Porém, uma realidade era o Progresso nos anos de 1800 e 1900, outra, é no século XXI. Atualmente o tema linkado ao desenvolvimento é a SUSTENTABILIDADE, em vista das conhecidas problemáticas. O conhecimento e tecnologia disponíveis nos apresentam alternativas de equilíbrio entre as necessidades da cidade e as da natureza, que faz parte historicamente de seu cenário.

Drenagem não é somente escoamento das águas em volume e rapidez, mas, também, sua retenção em diversas formas, para que infiltrem naturalmente auxiliando na filtração natural. 
O desafio moderno da gestão das cidades e ocupação do solo está organizado nos Planos Diretores no intuito de organizar, orientar e compatibilizar necessidades e interesses públicos.
PLANO DIRETOR 2015 - Lei 5961 11/12/2015 
Data de Inserção no Sistema LeisMunicipais: 03/01/2017

Quais são as áreas de Interesse Natural/Ambiental?


Código Municipal do Meio Ambiente - Lei 4328 23/12/1998
Data de Inserção no Sistema LeisMunicipais: 26/01/2016

Leis locais deve ser conhecidas e reconhecidas para o estabelecimento de medidas necessárias a serem tomadas por todos, na corresponsabilidade sócio-ambiental, pois TODOS SOMOS A CIDADE, com a sua necessária aplicação. Referente ao tema importante destacar:
  • A manutenção de praças, parques e banhados, que são recursos naturais importantes, também pela continuidade da fauna e flora local, buscando o incentivo ao morador que contribui com espaços ecológicos para a cidade.
  • A ampliação e aplicação urgente da lei da CALÇADA ECOLÓGICA, uma vez que estamos impermeabilizando demasiadamente a cidade.   https://leismunicipais.com.br/a/rs/c/canoas/lei-ordinaria/2009/547/5468/lei-ordinaria-n-5468-2009-dispoe-sobre-calcadas-ecologicas-em-areas-residenciais-no-municipio-de-canoas?q=cal%E7ada%20ecol%F3gica
  • Nossa cidade possui coleta seletiva e ecopontos em todos os seus quadrantes, não é admissível que estejamos pagando para enviar quantidade imensa de lixo para depositar em outro local e despejando em esquinas, terrenos baldios e ruas, que vão parar dentro das valas e arroios, obstruindo a passagem das águas, contribuindo com enchentes.
  • Quais são as técnicas e incentivo ao armazenamento da água da chuva para aproveitamento e contribuição na drenagem e evaporação?
  • Os canteiros centrais entre avenidas devem servir de vias de drenagem e estão sendo totalmente impermeabilizadas, descumprindo parte de seu objetivo.

Meio Ambiente?

Ambiente Inteiro = 
Meio Ambiente Natural + Meio Ambiente Urbano Equilibrados



O Plano Diretor é de TODOS - Ministério das Cidades - Cartilha

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Bacia do Araçá objeto de estudos da ULBRA

O Curso de Engenharia Civil da ULBRA está iniciando estudos e pesquisa na Bacia do Arroio Araçá com parceria dos projetos ambientais Arroio Araçá Nosso Rio Guri e BiodiverCidade.


POTENCIALIDADES DE DIAGNÓSTICO
(ONDE, QUANTO, QUEM, COMO...)
CONDIÇÕES ORIGINAIS X ATUAIS
OCUPAÇÃO DE FATO X OCUPAÇÃO PLANEJADA
APP ORIGINAL X APP ATUAL
SISTEMA DE DRENAGEM
SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO
RESÍDUOS SÓLIDOS
SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA
FRAGILIDADES / OPORTUNIDADES

ENGEPRAXIS ULBRA/CANOAS - AÇÕES EM SANEAMENTO AMBIENTAL

Objetivo Geral
Prestar apoio para elaboração de soluções em saneamento ambiental (água, esgoto, resíduos sólidos e drenagem urbana), para o desenvolvimento sustentável das comunidades, visando a melhoria da qualidade de vida, através da contribuição do desenvolvimento de uma consciência voltada à sustentabilidade
Resumo
Com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da comunidade dos municípios de Canoas e Nova Santa Rita, o projeto ENGEPRAXIS visa identificar as necessidades e soluções em saneamento ambiental (abastecimento de água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos e drenagem urbana).
A metodologia adotada na primeira etapa, a ser desenvolvida em 2017, envolve a coleta de dados primários e secundários, pesquisas qualitativas, concepção de projetos e soluções de maneira integrada com a comunidade.
O produto a ser gerado nesta fase possibilitará demonstrar o diagnóstico do saneamento ambiental (SAA, SES, RSU, e drenagem) na área de abrangência e tem como relevância social a contribuição para o desenvolvimento de uma consciência voltada ao saneamento ambiental na comunidade envolvida.
Comunidade / Público Alvo
Neste primeiro ano do projeto, que visa a elaboração do diagnóstico do saneamento ambiental nos municípios de Canoas e Nova Santa Rita, o público alvo pode ser definido como a comunidade residente nesta área.
Metodologia
Serão aplicados questionários com referência espacial (coleta de dados primários georreferenciados) relacionados às carências e riscos associados à falta de saneamento;
O fechamento dos diagnósticos do saneamento ambiental será realizado através de ferramentas de geoprocessamento, onde os dados pertinentes ao tema serão contemplados em uma planilha de análise, que vai apontar informações conclusivas em termos de "onde", "quanto", "quando", "como" e "por que" se encontram no estágio identificado;
Ao longo da elaboração do projeto e sempre que se tenham informações do avanço do trabalho serão divulgadas as ações concretas e seus resultados, através de ferramentas de T.I. e redes sociais disponibilizadas pela ULBRA;
Pretende-se realizar o fechamento do diagnóstico através de um evento público onde serão apresentadas imagens das ações concretas de coleta de dados e de contribuição para conscientização da comunidade envolvida acerca da importância do convívio harmônico com os recursos hídricos, através do manejo sustentável das águas urbanas.

A primeira reunião aconteceu na ULBRA em 04 de Abril de 2017, e a segunda, de apresentação, no dia 25 de abril na Associação de Moradores do Residencial Hércules.


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Parceria pela Natureza de Canoas

Os projetos Arroio Araçá Nosso Rio Guri, BiodiverCidade, Disponibilidade e Conservação da Água reúnem-se sistematicamente para desenvolver metodologias e saídas a campo no intuito de reunir informações e imagens, realizando ações de sensibilização para proteção da biodiversidade de Canoas.
Ilha das Garças Parque Delta do Jacuí

Representantes dos projetos participam de encontros nos Comitês de Bacias do Guaíba, Rio dos Sinos e Gravataí, além do Comitê do Arroio Sapucaia. 

A Bacia Hidrográfica do Arroio Araçá é um dos pontos de estudos e os materiais estarão sendo disponibilizados.





Ponto de Captação de água em Canoas e região de banhados e nascente da Cidade.



Foz do Araçá no Parque Delta do Jacuí.

Conversando com moradores no entorno das nascentes.


Encontro dos Projetos  com equipe da SMMA em uma saída a campo - Maio/17. 



Para acompanhar visite as páginas no facebook:

https://www.facebook.com/Arroio-Ara%C3%A7%C3%A1-Nosso-Rio-Guri-272889616494303/

https://www.facebook.com/BiodiverCidade1/

https://www.facebook.com/disponibilidadeeconservacaodaagua/

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Caminhos sinuosos de um arroio

Um lago nascente neste caminho.
Fonte: http://www.diariodecanoas.com.br/_conteudo/2015/12/noticias/regiao/251380-parque-capao-do-corvo-completa-35-anos-neste-domingo.html


Rios e arroios não são retos, ao contrário, seguem seu trajeto em curvas cujas margens mudam constantemente conforme a vazão, posição, deposição e erosão. Devido a tal movimento algumas curvas podem se desligar do fluxo do manancial formando meandros e lagos, normalmente em formatos de U.

No mapa no ano de 1900, da região, pode-se observar a diferença do traçado do Arroio Araçá na atual avenida Inconfidência. 



O que se observa, no crescimento urbano das cidades, também, é que não há interesse ambiental em preservar o recurso natural, nem dos 30 metros estabelecidos na legislação, pois é,  e deve ser tratado como APP - área de preservação permanente. Ao contrário, ainda são autorizadas canalizações descaracterizando o manancial e, muitas vezes, criando outros problemas.

Há de se lembrar que um dos motivos do apoio à canalização é porque os arroios vão sendo transformados em valas, formando odores desagradáveis, principalmente em época de pouca chuva.

E assim a água vai desaparecendo, paulatinamente, com nossa concordância e ignorância dos riscos que corremos.

"A vida tem caminhos estranhos, tortuosos às vezes difíceis: um simples gesto involuntário pode desencadear todo um processo."

Caio Fernando Abreu - Jornalista Gaúcho

Bacia Hidrográfica do Arroio Araçá

Estudos dos Biólogos Daniel Santos - Projeto BiodiverCidade e Jaqueline Biolo - Disponibilidade e Conservação da Água, apresentam o mapa da bacia do Rio Guri que pode ser trabalhado em nossas escolas. 
O estudo parte do mapa divulgado pela SMMA e acontecem saídas a campo, realizado por uma equipe de pesquisadores - Maria Inês Pacheco, Rodrigo Muller, Nilce Bravo, Albert Welzel, que contam, ainda, com apoio de demais professores do município, que organizam eventos e palestras para a divulgação.
O traçado em azul apresenta o arroio em Canoas, e suas nascentes, nos pontos amarelos, sendo conhecidas.
Mais professores comungando com o propósito de conhecer e divulgar, pois os projetos se assemelham no seu objetivo de Conhecer para Preservar/Cuidar.


"Assim que tem que ser, cada vez mais pessoas e organizações conscientizando sobre a importância das fontes,arroios, etc., conforme os objetivos do Projeto Arroio Araçá Nosso Rio Guri."   
Roberto Henrique Redlich

domingo, 19 de março de 2017

Semana da Água 2017

SEMANA DA ÁGUA 2017
DE 20 A 25 DE MARÇO
(clicar nas imagens para visualização)
Domingo 10
21h - Divulgação da Programação na Rádio Alternativo  - Projetos Arroio Araçá: Nosso Rio Guri e BiodiverCidade
- Bairro Fátima

Segunda-feira 20
10h - Divulgação da Programação na Rádio CS FM  - Projetos Arroio Araçá: Nosso Rio Guri e BiodiverCidade
- Av. Boqueirão, 2911 Associação Collaziol Scotta


Lançamento do Vídeo – Os Arroios – Poesia de Mario Quintana
Criação Nilce Bravo e Angélica Pacheco Alfonsin. Participação Especial Geisa Abreu.

Terça-feira 21
8 h - Palestra - Águas de Canoas  - Professora Maria Inês Pacheco Projeto Arroio Araça Nosso REio Guri na EEEM Jose Gomes de Vasconcelos Jardim  - 1º e 2º anos EM  - Organização professora Delair Moraes.


Manhã - Palestra – As águas e nós! Unindo a teoria à prática – Biólogo Daniel Santos Projeto BiodiverCidade na EEEM Jussara Maria Polidoro.


M/T- Painel - A Importância da Água – Professor Glauber Furlanetto
- EEEM Prof Margot Terezinha Noal Giacomazzi
Com participação da Pedagoga Maria Inês Pacheco e Angélica Alfonsin do Projeto Araçá Rio Guri


19 h - Palestra Os Banhados em Nós e Nós nos Banhados – Débora Cristina da Silva
- ULBRA  Prédio 14 Auditório B - Organização Professor Albert Welzel com Turmas do Cursos da Gestão Ambiental.

Quarta- feira 22 - DIA MUNDIAL DA ÁGUA
M/T - Painel – Dia Mundial da Água – Vamos Cuidar Dela! 
EMEF Professora Nancy Ferreira Pansera - Professora Adriane Turossi e Tribos na Trilha da Cidadania com todas as turmas.

11h - Contação de História – SOS Peixinhos – Professora Maria Inês Pacheco do Projeto Araçá Rio Guri na EMEF Arthur Oscar Jochims – Séries Iniciais EF - Organização Professora Riete Wollenhaupt. Participação representantes da Diretoria da Educação Ambiental da SMMA.


14h - Oficina – Há Vida nas Águas? – Professora Maria Inês Pacheco do Projeto Araçá Rio Guri na Associação dos Moradores da Vila Getúlio Vargas – Organização Maria Fucilini com Crianças e Adolescentes 

15h - Atividades Educativas  e Trilha no Arroio Sapucaia/Esteio
- Centro Comunitário Rua Rio Grande, 2380, Escolas Alberto Pasqualine, Eva Karnal, Centro de Formação Teresa Verzeri


9h - Atividades no Arroio Sem Nome/Feitoria -São Leopoldo – Centro Estadual de Educação Profissional Visconde de São Leopoldo – Alunos e Bióloga Jaqueline Araujo Pilar com participação do Biólogo Daniel Santos Projeto BiodiverCidade, SEMAE, Escola Hilebrandt.


Quinta-feira 23
Manhã - 8h30m - Saída a Campo na Fonte Dona Josefina – Nascente do Arroio Araçá e no curso do Arroio.
- SENAC/Canoas do Curso Profissional Comercial em Serviços Administrativos – Jovem Aprendiz - Alunos e Professora Eleni Freitas. 
Participação Integrantes do Projeto Arroio Araçá Nosso Rio Guri, do Grupo Ambiental Peracchi Barcelos e da Diretoria da Educação Ambiental SMMA.


Tarde - 14h - Coleta e análise da água no Arroio das Gargas - Ponto de captação da água para Canoas e região. Parque Delta do Jacuí. Representantes ULBRA, Fórum do Arroio Sapucaia, Escola Logus, Integrantes dos Projetos Biodiversidade e Rio Guri.



15h - Coleta de água nas Nascentes do Arroio Araçá no Bairro Olaria - EMEF Gov. Walter Peracchi de Barcellos – Grupo Ambiental com Professoras Daniele Santos e Leidi Ayres e Associação Morada das Corujas.



16h - Coleta de água na nascente do Arroio Araçá Fonte Dona Josefina – B.Est.Velha
- Grupo dos Escoteiros Agnes do Sul com o Professor Glauber Furlanetto


Sexta-feira 24
Manhã -  Bate papo sobre Água e Biodiversidade com alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental e Professora Maria Inês Pacheco do Projeto Araçá Rio Guri, na Escola EEEF Jasmelino Jardim no Bairro Nosa Senhora das Graças.
Participação Integrantes da Diretoria da Educação Ambiental SMMA.



- Coleta de águas do Arroio Guajuviras na Nazário/São José por integrantes do Projeto BiodiverCidade e COOARLAS. 



Tarde com mais Coletas:no Parque da Figueira, Bairro Fátima. Alunos, professores e pais da Escola Barão de Mauá e integrantes dos Projetos Araçá Rio Guri e BiodiverCidade.



Coleta de água em nascente sendo revitalizada na Praça do Residencial Capri, Bairro Nossa Senhora das Graças com  representantes do Grupo Escoteiro do AR 14 Bis - foi antecipada e aconteceu no dia da Água (22).


Sábado 25 - Encerramento
Manhã e Tarde o Parque Municipal Getúlio Vargas 
Rua Dona Rafaela, 700 Bairro Mal.Rondon
- Exposições: Projeto Arroio Araçá Nosso Rio Guri, Projeto BiodiverCidade, COOARLAS.
- Exposição das Águas de Canoas coletadas em vários pontos da cidade.
- Limpeza a ser efetuada no lago Capão do Corvo pelo Projeto BiodiverCidade.
- Abraço no Lago. 


Foram muitas ações e participações e o evento merece postagem especial, ficando aqui um pouquinho do encerramento de uma semana de grande ação das comunidades pelas suas águas.

A limpeza do lago

A orientação para a reciclagem e o descarte correto dos resíduos secos.

O exemplo do descarte do material orgânico através do aproveitamento em  composteiras.

A reunião das águas de Canoas coletadas na semana.

O abraço da comunidade no lago do Parque.

Representantes da fauna não podiam faltar.



Os projetos BiodiverCidade e Arroio Araçá Nosso Rio Guria agradecem  o apoio, o empenho, a participação e a parceria de cada um e cada uma que fizeram acontecer nesta semana pelo Dia Mundial das Águas.